As obras de ampliação do CBERPS que iniciaram no final de fevereiro estão a decorrer normalmente, e nesta fase já conseguimos visualizar a estrutura base do corpo da empreitada, podendo assim avistar o resultado final. No entanto, como em qualquer trabalho desta ordem, os detalhes, os acabamentos, os retoques são os mais demorosos.

 

As legislações e regulamentações são particularmente densas no que diz respeito ao edificado das IPSS, nomeadamente normas de Segurança Contra Incêndios (SCIE), disposições próprias do Instituto da Segurança Social e de várias entidades públicas. Se esta situação exige mais de todos os intervenientes, esta revela igualmente uma preocupação cada vez maior de proteção das populações mais frágeis, sejam elas pessoas idosas ou não, a sociedade ganha quando todos as suas componentes se preocupam umas com as outras.

 

Se vários meses nos separam da entrada em funcionamento do piso -1 da instituição, este tempo não é demais para preparar da melhor forma a utilização dos novos espaços. Com efeito, realizada a apresentação aos colaboradores do projetado, é importante que as dúvidas, os receios, mas também as ideias, sejam partilhadas pela casa, no sentido de melhorar, adaptar, idealizar o que será a realidade do CBERPS, uma vez concluídas as obras.

 

Afinal esta obra é a obra de todos, a obra de quem cá está, de quem cá estará e da comunidade em geral. Esta obra é obra social, um sinal de amor ao próximo que todos construímos diariamente.

 

E como uma imagem vale mais que mil palavras, seguem algumas fotografias…

CBERPS

 

 

Categorias: Obras

0 comentários

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *